REPRESSÃO

“(…) na prática, era possível, sim, lutar contra.

E até mesmo vencer o Golias da intolerância,

com as armas de uma obra de arte.”

João das Neves

Nos percursos dos rios da vida encontram-se caminhos tortuosos. A cultura e o teatro enfrentaram essas tortuosidades especialmente na fase da ditadura civil-militar. Foram momentos de grandes obstáculos no percurso, de assoreamentos e de muitos desafios a serem enfrentados e superados.

 

No arquivo pessoal de João das Neves, percebemos os registros desses momentos de repressão ao teatro e à cultura. A classe teatral foi um dos principais alvos da ditadura. Muitas peças foram escritas nesse momento conturbado e só puderam ser encenadas anos  depois. 

Nos primeiros anos  da ditadura civil-militar brasileira o Grupo Opinião  foi criado como frente de mobilização e resistência contra o regime militar, estreando com o  Show Opinião em 1976. O grupo foi um porta-voz da classe artística, contra a repressão, mas também espaço para a criação de uma nova consciência cênica no Brasil. Neste módulo veremos algumas imagens das peças censuradas, como O Brasil pede passagem de 1965, Mural Mulher de 1979, O Último Carro em 1976 e Café da Manhã de 1980.

Material de Referência para estudo

Ano: 1967 Direção: João das Neves Informações complementares: Material de referência do documentário "Criminosos de Guerra" que Jõao das Neves utilizou para referências de direção da peça "A Saída- onde fica a saída", o espetáculo visa alertar a opinião pública da responsabilidade de todos quanto a uma possível guerra nuclear, devido á corrida armamentista e ao tenso contexto da guerra fria. Acervo: DICOLESP/ BU

O Último Carro - 1964

Ano: 1964 Direção: João das Neves Atores: -- Informações complementares: Certificado de DCDP (Divisão de Censura de Diversões Políticas), na data de 16/11/1975 com classificações de censura para menores de 18 anos e alguns trechos de paginas . Acervo: DICOLESP/ BU

O Brasil Pede Passagem

Ano: 1965 Direção: João das Neves Atores: -- Informações complementares: Musical elaborado em forma de colagem de textos dos integrantes do grupo opinião, continha textos de Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes, e compositores como Villas Boas. De forma implicita denunciava sobre a censura, a violência e o autoritarismo. As vesperas de suas estreia a peça foi proibida pela censura. Acervo: DICOLESP/ BU

Carta Aberta ao Presidente da República

Ano: -- Informações complementares: Se trata de uma carta aberta ao presidente da republica feita pelos intelectuais e artistas da epoca, reivindicando direitos de liberdade de expressão. pag 01. Acervo: Drive.

O Último Carro

Ano: 1964 Direção: João das Neves Atores: -- Informações complementares: A peça O Último carro foi escrita em 1964, mas como foi censurada na época, so pôde se encenada a partir de 1976, quando se tornou um grande sucesso. Acervo: DICOLESP/ BU

Carta Aberta ao Presidente da República

Ano: -- Informações complementares: Se trata de uma carta aberta ao presidente da republica feita pelos intelectuais e artistas da epoca, reivindicando direitos de liberdade de expressão. pag 03- assinaturas. Acervo: Drive.

Café da Manhã

Ano: 1980 Direção: João das Neves Informações complementares: A peça demostra um ambiente cotidiano de uma dona de casa de classe média em seu apartamento. Divididas entre a realidade e a fantasia, as cenas se fragmentam no cotidiano, num relacionamento abusivo, um estupro e relações de poder ali estabelecidas. Acervo: DICOLESP/ BU

Carta Aberta ao Presidente da República

Ano: -- Informações complementares: Se trata de uma carta aberta ao presidente da republica feita pelos intelectuais e artistas da epoca, reivindicando direitos de liberdade de expressão. pag 02. Acervo: Drive.

Café da Manhã

Ano: 1980 Informações complementares: Devido as recorrentes cenas de nudez, violência e dualidade de intenção no discurso de liberdade, a peça foi notificada pela "Censura Federal". Acervo: DICOLESP/ BU

Mural Mulher

Ano: 1979 Direção: João das Neves Atores: -- Informações complementares: Momento do ensaio da peça que ilustra bem a pontencia de todas aquelas mulheres em cena, dando voz e forma da maneira mais fidedigna as mulheres que inspiraram seus papeis. Acervo: DICOLESP/ BU.

Oje sem H

Ano: -- Informações complementares: O texto inicial da peça conta da insatisfação do escritor e da provavel insatisfação do leitor, durante a epoca da censura. Acervo: Drive.

Mural Mulher

Ano: 1979 Informações complementares: Peça escrita e dirigida por João das Neves, tem suas personagens baseadas em historias reais de mulheres do Brasil, desmistificando a ideia de "sexo fragil". No documento de Censura Federal é possivel ver que a mesma foi vetada a publicos menosres de 18 anos. Acervo: Drive.

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Instagram Branco