RESISTÊNCIA

“O teatro é exatamente isso: perceber o mundo e

saber tirar daquela percepção o seu modo

de ver aquilo e de mostrar aquilo.”

João das Neves

No Rio do Tempo encontramos barragens, momentos em que as águas são reprimidas e represadas, apresentam-se os desafios. A resistência sempre esteve presente na trajetória de João das Neves e suas peças teatrais foram as principais demonstrações de uma luta coletiva. 

A peça Tributo a Chico Mendes, por exemplo, realizada em 1989 pelo Grupo Poronga, em parceria com o Sindicato dos Seringueiros para homenagear o sindicalista e ativista ambiental após seu assasinato, evidencia a sua importância e dos seringueiros na luta coletiva com relação às questões ambientais. Já na peça O Último Carro, ao retratar figuras consideradas à margem da sociedade, reafirma-se a resistência contra a desigualdade, o preconceito e a repressão.

 

 Nas crises que perduraram por anos e que atingiram o CPC, o Grupo Opinião, o Grupo Poronga e outros projetos, João das Neves se manteve ativo e (r)existente mostrando que não é só preciso resistir, mas também ressignificar e reexistir.

Recorte de Jornal "Vendido o Teatro Opinião"

Ano: s.d Informações complementares: "Foi dado um ponto final da questão do Teatro Opinião, que mobilizou na segunda feira um grupo de artistas reunidos em protesto contra a transformação do imóvel em um supermercado." Acervo: Acervo Pessoal João das Neves - DICOLESP/ UFMG

Recorte de Jornal "Atriz: Liberdade de Expressão está sendo garroteada"

Ano: s.d Informações complementares: "A proibição sumária, pela censura estadual, da peça Brasil pede passagem, é um ato de agressão, não apenas ao teatro, mas à própria cultura brasileira, e representa um passo a mais no processo de garroteamento da liberdade de expressão, que está pouco a pouco sendo instaurado no país, e contra qual tem qeu surgir um protesto coletivo; declarou ontem a atriz Glauce Rocha, principal intérprete do espetáculo proibido." Acervo: Acervo Pessoal João das Neves - DI

Recorte de Jornal " O Último Carro?" - Jornal Última Hora

Ano: Rio de Janeiro, 1976 Informações complementares: Recorte de jornal falando sobre a estreia de "O Último Carro". "Com estreia prevista para o dia 16 de março, a peça O Último Carro ou As 14 Estações foi produzid e é dirigida por João das Neves. A direção musical do espetáculo é de Rufo Herrera, maestro argentino que realizou o último espetáculo do compositor." Acervo: Acervo Pessoal João das Neves - DICOLESP/ UFMG

Carta de Augusto José Alencar Gamboa sobre o fechamento do Teatro Opinião

Autoria: José Alencar Gamboa Ano: Belém, 1980 Informações complementares: Carta do presidente da FESAT (Federação Estadual de Atores, Autores e Técnicos de Teatro) repudiando o fechamento do Teatro Opinião e informando sobre a realização de um show de protesto. Acervo: Acervo Pessoal João das Neves - DICOLESP/ UFMG

Peça O Último Carro

Título: Peça O Último Carro Ano: 1976 Direção: João das Neves Informações complementares: Escrita entre 1964 e 1965, para ser encenada em 1968, "O Último Carro" foi produzida pelo Grupo Opinião e ganhou espaço nos teatros apenas em 1976. A peça buscava retratar a situação do cotidiano de pessoas que vivem em condições precárias e utilizam o trem como meio de transporte. Mais do que apenas retratar a realidade, a peça mostra a resistência vivida diariamente por esses sujeitos que ainda são tão ma

Cena da Peça Tributo a Chico Mendes

Ano: 1989 Direção: João das Neves Acervo: Acervo Pessoal João das Neves - DICOLESP/ UFMG

Cena da Peça Tributo a Chico Mendes

Ano: 1989 Direção: João das Neves Atores: Informações complementares: A peça "Tributo a Chico Mendes" foi escrita com base em pesquisas em jornais, rádios, entrevistas com seringueiros e pessoas envolvidas no conflito com relação à preservação da floresta e das seringueiras nativas. Chico Mendes dedicou sua vida à luta pela preservação da floresta amazônica bem como da identidade cultural dos povos que ali habitam. Sendo assim, a peça foi elaborada com o objetivo de mostrar a história de vida de

Peça Dr. Getúlio, Sua vida sua glória

Ano: 1968 Direção: Ferreira Gullar e Dias Gomes Atores: Adalberto Silva, Aizita Nascimento, Antonio Llucio, Balalaika, Emiliano Queiroz, Enrique Amoedo, Gilberto Nizo, Haroldo de Oliveira, Joachim Soares,Manoel Bonfim, Nelson Xavier, Ney Costa, Wladimir José Informações complementares: Na década de 60, mais especificamente nos anos de 1966 e 1967, o Grupo Opinião focou suas atividades em um seminário de dramaturgia, procurando formas de representar a realidade vivida no regime militar. Foram dis

Oficina ministrada por João aos membros do Movimento Sem Terra (MST)

Ano: s.d Informações complementares: João das Neves sempre teve essa fascinação por outras culturas e identidades, buscando sempre entender, se envolver e representar as diversas tradições, realidades, movimentos e suas lutas e protestos. Uma de suas últimas obras foi uma peça de teatro de rua, uma intervenção contra o golpe em curso em defesa da democracia e para os trabalhos de base para os processos de construção do Congresso do Povo em conjunto com o MST e o Levante Popular da Juventude. Na

Acampamento do MST em Araponga - MG

Ano: s.d Informações complementares: Local onde ocorreu uma oficina ministrada por João das Neves para os membros do MST na cidade de Araponga - MG. Em meio à esse momento de pandemia, o Movimento Sem Terra fundou a Escola Virtual de Artes João das Neves, resultado das parecerias presentes entre o João das Neves, seus colegas de trabalho e o MST, entre 2017 e 2019. A escola tem como objetivo disseminar a arte pelo meio virtual, possibilitando a difusão de conhecimento mesmo nesse cenário de dist

Show Opinião

Acervo: DICOLESP/UFMG

Peça A Nossa Voz

Ano: 1988 Direção: João das Neves Atores: Elizabeth Savalla, Emiliano Queiroz, Reinaldo Gonzaga, Renato Coutinho Acervo: Acervo Pessoal João das Neves - DICOLESP/ UFMG

Show Opinião

Ano: 1964 Direção: Augusto Boal Atores: Nara Leão, Maria Bethania, João do Vale, Zé Kéti. Informações complementares: O Show Opinião foi um musical dirigido por Augusto Boal, com produção dos integrantes do Centro Popular de Cultura (CPC) e do Teatro Arena. Foi considerado a primeira forma de resistência do Grupo Opinião, já que naquele contexto, o CPC se encontrava ilegal com relação ao regime militar de 1964. O show se tornou uma referência na música de protesto e é tido como um dos mais impo

Fachada do Teatro do Grupo Opinião

Ano: Década de 1970 Informações complementares: O Grupo Opinião foi criado em 1964 após o golpe militar, com a ideia do teatro de protesto e resistência. Teve suas atividades encerradas em 1982. O início do grupo foi marcado pela apresentação do "Show Opinião" em 11 de dezembro de 1964. Após essa estreia, ainda foram encenadas algumas peças e em um dado momento, o grupo passa a sobreviver em situações precárias, que se matêm até 1976, quando enfim, João das Neves cria o roteiro de "O Último Carr